RÁDIO NOVA ALIANÇA (92) 99240-0368
Ex-prostituta testemunha encontro com Jesus e libertação

16 DE MAIO DE 2024

Joseli de Souza, uma copeira hospitalar, relata uma infância marcada pelo sofrimento e abuso familiar. Abandonada pela mãe ao nascer, foi criada pela avó, que a agredia constantemente. “As pessoas chegaram a pagar minha avó para não me bater,” conta Joseli, ressaltando o impacto profundo dessa violência em sua vida.

Aos 12 anos, Joseli foi para Feira de Santana, na Bahia, onde sofreu abusos. “Isso me trouxe muita frustração,” lembra ela, descrevendo como o ódio tomou conta de seu coração. A situação piorou quando ela confidenciou ao noivo sobre o abuso e ele terminou o relacionamento. “Era um casamento dos meus sonhos… Ali foi o fundo do meu poço,” relembra Joseli, que voltou para a casa dos pais carregando uma bagagem emocional pesada.

Buscando um novo começo, Joseli mudou-se para São Paulo. Lá, conheceu seu ex-marido, apesar de inicialmente relutar devido às feridas emocionais. No entanto, o relacionamento revelou-se desastroso. Seu marido, um homem agressivo e alcoólatra, tentou matá-la em uma madrugada de fúria. “Ele disse que ia me picar toda e ninguém ia mais saber de mim,” relatou Joseli, que foi colocada para fora de casa.

Após um breve retorno ao relacionamento abusivo, Joseli decidiu se prostituir. “Eu me prostituía com um homem casado, que eu falo que valia por 1000, porque eu tinha que estar à disposição dele a qualquer hora,” conta, descrevendo a profunda dor e solidão que sentia. “Ninguém sabia, só eu e Deus,” acrescentou.

Preso em um ciclo de manipulação e abuso, Joseli chegou a desejar o suicídio. “Os demônios falavam na minha mente: ‘Se mata, ele te ama, acaba logo com esse sofrimento,’” lembra. Desesperada, ela clamou a Deus por uma chance de mudança. Quando o homem casado a encaminhou para um trabalho em um motel, Joseli viu um sinal da Igreja Universal e decidiu entrar.

Na igreja, Joseli encontrou libertação. “Eu recebi uma paz tão grande… já não saí com desejo de me prostituir,” conta. A experiência transformou sua vida. “Foi a coisa mais gloriosa que eu pude experimentar neste mundo,” explicou Joseli, que sentiu o amor e a aceitação de Deus.